A dieta anti-Candida é o segredo para a saúde intestinal?

Houve uma onda de perspectivas alteradas quando se trata de fazer dieta: mais pessoas procuram melhorar seus hábitos alimentares como uma maneira de se sentir melhor e ficar mais saudável, em vez de simplesmente perder peso ou vestir um par de jeans. (Esta é essencialmente a tendência anti-dieta, e estamos super empolgados com isso.)

Parte dessa equação nutricional está voltada especificamente para a saúde intestinal dos alimentos ricos em probióticos, para um sistema digestivo calmo e saudável. (Se você ainda não sabe por que isso é importante, veja como seu microbioma afeta sua saúde.) Digite: a dieta anti-candida. Essa dieta com pouco açúcar é projetada para eliminar a candidíase, uma infecção causada pelo crescimento excessivo de candida (um tipo de levedura) no intestino. A candidíase pode se desenvolver como resultado de um desequilíbrio de bactérias boas e ruins no intestino e pode causar não apenas problemas digestivos sérios, mas também inflamação, alergias e alterações de humor. É uma 'epidemia silenciosa' que afeta uma em cada três pessoas, diz Ann Boroch, consultora nutricional certificada e autora de A cura por Candida. Açúcar e carboidratos refinados são os dois principais culpados pelo excesso de levedura no intestino. Portanto, a dieta anti-candida exige o corte de açúcar, álcool e até mesmo algumas frutas e vegetais, se eles tiverem um alto índice glicêmico, uma medida de quão rapidamente o alimento é digerido e decomposto em glicose no corpo. O objetivo é eliminar o fermento e devolver o intestino a um equilíbrio saudável de bactérias.

selena gomez novo corte de cabelo 2017

Se você está se perguntando se esse fermento 'candida' em seu intestino é a mesma coisa que você ouviu seu ob-gyn descrever quando você entra por causa de uma infecção por fungos, é. De fato, a candida é encontrada na boca, intestinos, vagina e, às vezes, sob as unhas. Muitas pessoas não percebem a possibilidade de infecções por fungos além das vaginais irritantes. Não há exame de fezes ou exame de sangue que possa apontar a candida como a culpada de dores de cabeça, problemas de pele, problemas intestinais, ganho de peso e fadiga, diz Boroch. A dieta era uma moda nos anos 80 que está voltando e precisa permanecer, já que o fungo é a causa de muitos sintomas, diz ela.

Parece uma boa idéia em teoria, mas você seria capaz de desistir de todos esses alimentos? Você teria que desistir de café, vinho, e queijo! O site da dieta anti-candida recomenda uma fase de desintoxicação rigorosa (embora opcional) por alguns dias, seguida de algumas semanas a alguns meses no plano que elimina os alimentos que crescem com levedura e também adiciona alguns alimentos que realmente combatem levedura. Você gradualmente reintroduzirá os alimentos, em um esforço para descobrir o que desencadeia seus problemas digestivos, na esperança de evitar esses e outros sintomas desconfortáveis ​​no futuro. Embora a dieta possa parecer restritiva, você ainda pode desfrutar de vegetais não ricos em amido (por exemplo, brócolis, berinjela, aspargos), além de frutas com baixo teor de açúcar (como frutas e grapefruit) e certas carnes, nozes e grãos.

Se o seu médico determinar que você tem um crescimento excessivo de leveduras, a dieta anti-candida não é sua única opção, pois ele também pode prescrever medicamentos antifúngicos. Embora a dieta anti-candida esteja se tornando mais respeitada, alguns especialistas médicos advertem que não é uma solução milagrosa para o crescimento excessivo de candida.

melhor mix de áudio para guerra moderna

É uma dieta saudável em geral, mas se essa for sua arma contra a candidíase, o crescimento excessivo voltará assim que você sair do plano, diz o médico naturopata Saul Marcus. 'A idéia de que a dieta por si só pode matar a candida é um equívoco', acrescenta, mas, juntamente com a medicação, a dieta pode ser útil. A chave é moderação. 'Torna-se muito extremo', diz Marcus. 'Dizem às pessoas que não podem comer uma fruta, por exemplo'. (Um lembrete de que você não deve seguir apenas nenhum conselho de dieta que ouvir.)

Como outras dietas de eliminação, a dieta anti-candida deve ser tratada como uma maneira de reduzir os alimentos que afetam negativamente o corpo, e não uma única cura para uma condição. Portanto, se desistir de café e queijo por um mês parecer sua própria versão do inferno, converse com seu médico, discuta suas opções e decida o que é realmente necessário e o que é bobo.

  • Por Pelos editores do Shape.com
Propaganda